Em comemoração do título do Palmeiras, sete acabam mortos

Em comemoração do título do Palmeiras, sete acabam mortos

Segundo a Polícia Civil, homens em motos e carros atiraram contra torcedores.

Ao menos sete pessoas foram mortas a tiros durante comemoração do bicampeonato do Palmeiras na Copa do Brasil, na madrugada desta quinta-feira, em Osasco (na Grande São Paulo). Duas pessoas também ficaram feridas e foram levadas a hospitais da região.

Segundo a Polícia Civil, homens em motos e carros atiraram contra torcedores que participavam de festas nos bairros de Rochedale, Jardim Munhoz Junior e Jardim Canaã.

Os casos serão registrados no 10º Distrito Policial de Osasco. Nenhum suspeito foi preso.

Durante as comemoração pelo título, torcedores do Palmeiras também entraram em confronto com policiais militares no início da madrugada na região de Perdizes, na zona oeste de São Paulo.

A confusão começou minutos depois do fim do jogo quando os torcedores se concentraram na rua Turiassu para comemorar o título. Para retirar os torcedores da rua a polícia utilizou bombas de efeito moral e balas de borracha.

Um torcedor, que pediu para não ser identificado, disse que não havia torcidas organizadas no local e que a comemoração estava tranquila. Segundo o torcedor, o único problema foi que as pessoas fecharam a rua.

Segundo a PM, os militares foram atacados pelos torcedores quando tentaram liberar a rua. Ao menos um torcedor machucou o pé ao correr para fugir na confusão.

Cerca de 200 torcedores também fecharam alguns pontos da avenida Paulista durante as comemorações. Não houve, porém, registro de confrontos no local.

No dia 5 de julho, torcedores do Corinthians também entraram em confronto com a polícia quando fecharam a avenida Paulista para comemorar o título da Libertadores.

Fonte: Folha.com