Polícia faz buscas por corpo de Eliza em lagoa de MG

Polícia faz buscas por corpo de Eliza em lagoa de MG

Segundo delegado Edson Moreira, buscas são feitas em parque, em BH.

Testemunhas de defesa do processo que investiga o desaparecimento e morte de Eliza Samudio, ex-namorada do goleiro Bruno Fernandes, vão ser ouvidas em audiência nesta quarta-feira (3) no Fórum de Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), a juíza Lucimeire Rocha preside a sessão a partir das 10h.

Buscas por Eliza

A polícia vai fazer buscas pelo corpo de Eliza Samudio no Parque Lagoa do Nado, que fica na região norte de Belo Horizonte, nesta quarta-feira (3). A informação é do delegado responsável pelo caso, Edson Moreira. Ainda segundo ele, um estudo feito pela inteligência da polícia constatou que um dos réus, Marcos Aparecido dos Santos, teria se encontrado com uma pessoa no dia do crime nesta região. Perguntado sobre quem seria essa pessoa e a relação dela com o desaparecimento de Eliza, o delegado respondeu que se trata de um policial e não quis dar mais detalhes.

?Se há possibilidade de o corpo estar lá, a polícia tem que procurar. A polícia não tem que encontrá-lo porque a materialidade já está comprovada. Nós estamos indo lá mais para dar uma satisfação para a família e para que ela tenha um enterro digno?, Moreira diz.

O Corpo de Bombeiros divulgou que vai dar apoio aos trabalhos da Polícia Civil no Parque Lagoa do Nado.

Entenda o caso

O goleiro Bruno é réu no processo que investiga a morte de Eliza Samudio. A Justiça de Minas Gerais aceitou a denúncia do Ministério Público contra Bruno e outros oito envolvidos no desaparecimento e morte de Eliza. Fernanda Gomes de Castro, namorada de Bruno, foi presa em Minas Gerais.

O goleiro; Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão; Sérgio Rosa Sales; Dayanne Souza; Elenilson Vítor da Silva; Flávio Caetano; Wemerson Marques; e Fernanda Gomes de Castro respondem na Justiça por homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado, ocultação de cadáver e corrupção de menor. Marcos Aparecido dos Santos é o único que responderá por dois crimes. Ele foi denunciado por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver. Todos os acusados negam o crime. As penas podem ultrapassar 30 anos.

A pedido do Ministério Público, a Justiça decretou a prisão preventiva de todos os acusados. Com essa medida, eles devem permanecer na cadeia até o fim do julgamento. Em 2009, Eliza teve um relacionamento com o goleiro Bruno, engravidou e afirmou que o pai de seu filho é o atleta. O bebê nasceu no início de 2010 e, agora, está com a mãe da jovem, em Mato Grosso do Sul.

Fonte: g1, www.g1.com.br