Homem é preso suspeito de tentar atear fogo na própria mãe e irmãos

Segundo a polícia, ele ameaçou ainda matar o padrasto com terçado.

Um homem de 26 anos foi preso, nesta segunda-feira (7), suspeito de tentar atear fogo na mãe e em dois irmãos, e ameaçar matar o padrasto. Ele foi detido em flagrante deitado em uma cama com um terçado na mão, na casa da família, onde fazia as vítimas reféns, no bairro Petrópolis, Zona Sul de Manaus.

De acordo com o padrasto do suspeito, o vigilante Lenilson Costa, de 46 anos, o rapaz é usuário de drogas e já chegou a ser expulso de casa por cometer pequenos furtos. "Sempre sumiam coisas da casa, como câmeras fotográficas, dinheiro, itens pequenos. Depois de um tempo precisamos expulsá-lo e ele foi morar na calçada da avó dele. Tentamos resgatá-lo das drogas, arranjamos um emprego para ele em um canil. Ele ficou um ano trabalhando, mas voltou a ser usuário e dar problemas", contou.

No domingo (6), o suspeito teria saído de casa e voltado somente nesta manhã, alterado. Segundo o padrasto, a mãe do homem preso perguntou onde ele havia passado a noite, deixando o rapaz irritado. "Nessa hora ele escondeu todos os celulares e jogou álcool na mãe e em dois irmãos, uma menina de 16 anos e um garoto de 13. Ele chegou a atear fogo, mas as chamas se concentraram mais no chão", relatou.


Em Manaus, homem é preso suspeito de tentar atear fogo na mãe e irmãos

Outra irmã do suspeito, de 19 anos, conseguiu se esconder em um banheiro. Ela avisou o padrasto sobre a situação, que contatou a polícia. "Elas contaram que ele ficou deitado na cama, com um terçado, dizendo que ia me esperar e me matar. Não deixava ninguém sair de casa", completou. Quando a polícia chegou ao local, o homem foi preso.

O suspeito foi encaminhado ao 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foi autuado em flagrante por violência doméstica e tentativa de homicídio. Ele passou por exames no Instituto Médico Legal (IML). A mãe e os irmãos do suspeito passam bem.

Fonte: G1