Em Operação, drogas, celulares são encontrados na Casa de Custódia

A operação contou com 83 homens das forças de segurança pública

Aconteceu na manhã deste sábado (23) mais uma operação de pacificação da Casa de Custódia de Teresina. O objetivo da ação, que contou com o trabalho de 83 homens das forças de segurança pública, é, ao dar prosseguimento às medidas de repressão e prevenção no sistema prisional, garantir a segurança na unidade.

Policiais na operação na Casa de Custódia
Policiais na operação na Casa de Custódia


A operação de pacificação ocorreu em todos os nove pavilhões e participaram o Grupo de Intervenção Prisional, Comando de Operações Prisionais, Equipe de Disciplina e Guarda da Casa de Custódia, Força Tática do Promorar e equipes de vistoria da Casa de Custódia, Casa de Detenção de Altos e Penitenciária Regional Irmão Guido.

Foram apreendidos 16 celulares, 34 baterias e 10 chips de celular, um carregador solar de bateria, 350g de crack, cocaína e maconha, 12 cadeados, 12 cachimbos, 147 ferros e R$ 1.922. A Secretaria de Justiça do Estado (Sejus) informou que está abrindo procedimentos administrativos e acionando a Polícia Civil para investigar a situação da Custódia.


Material apreendido
Material apreendido


"Tiramos esses objetos dos detentos, mas é preciso ressaltar que nos preocupa a entrada desse material. Continuaremos realizando, sistematicamente, essas operações, trabalhando tanto na parte repressiva como na preventiva, estudando mecanismos que impeçam a entrada de objetos ilícitos na unidade", pontua o gerente da Custódia, tenente Jean Carlo Bezerra.

A ação deste sábado foi acompanhada pelo subsecretário de Justiça, Carlos Edilson Sousa, e pelo diretor da Unidade de Administração Penitenciária, Enemésio Lima. De acordo com o subsecretário, a operação exitosa reflete o trabalho estratégico e na área de inteligência na segurança prisional que vem sendo adotado no sistema.

Na visão do subsecretário, a operação foi exitosa e reflete o trabalho engajado da gerência da Casa de Custodia e as demais forças de segurança pública e prisional. "Vamos intensificar essas operações, melhorar os procedimentos de vistoria. Até agosto, também entregaremos novos equipamentos para reforçar os procedimentos de revista", pontua Carlos Edilson Sousa.

Nas últimas duas semanas, a gerência da Casa de Custódia de Teresina prendeu três mulheres tentando entrar com drogas na unidade. Em Esperantina, a gerência do presídio da cidade também prendeu duas mulheres tentando entrar com 29 baterias e um chip de celular. A Secretaria de Justiça está fazendo um levantamento de quantas prisões foram feitas no ano.


Operação na Casa de Custódia
Operação na Casa de Custódia


Fonte: Portal MN