Em situação precária criança abandonada pede para voltar a abrigo

'Achamos ele sujo, descalço e com muito frio', diz o policial

Uma criança de aproximadamente quatro anos foi encontrado por policiais militares sozinho, descalço e com roupas sujas pelo bairro Jardim Brasil, na manhã desta sexta-feira (12), em Itapetininga (SP). De acordo com a Polícia Militar, um morador informou aos policiais que um menino havia entrado em um estabelecimento comercial do bairro pedindo comida e o comerciando questionou onde estaria a mãe, ele não soube responder.

“No comércio um cliente achou estranho e perguntou onde estava a mãe dele. Mas o menino não soube responder. Então nós fomos chamados. Achamos ele sujo, descalço e com muito frio. Como policial a gente acaba encontrando sempre essas situações, mas como pai é triste ver crianças nesse estado”, afirma o cabo da PM Carlos Perin.

Em situação precária criança abandonada pede para voltar a abrigo
Em situação precária criança abandonada pede para voltar a abrigo


Os policiais perguntaram para a criança onde ela morava e o menino indicou que era abrigo da Organização Não Governamental Nossa Senhora Rainha da Paz, no bairro Taboãozinho. “Fomos até lá e descobrimos que ele e a irmã, de 7 anos, já não moravam no local desde 2015 porque já estavam com a mãe.”, conta 

Os policiais voltaram ao Jardim Brasil junto com um funcionário da ONG, que indicou a casa das crianças. Na casa, os policiais encontraram cômodos sujos, bagunçados e com mal cheiro.

“Quando chegamos a menina de 7 anos estava dormindo. Ela viu um dos funcionários do abrigo e saiu correndo para abraçá-lo. Em seguida pediu comida para nós porque estava com muita fome”, conta o policial.

Em situação precária criança abandonada pede para voltar a abrigo
Em situação precária criança abandonada pede para voltar a abrigo


As tias que estavam responsáveis pelas crianças foram levadas à Delegacia da Defesa da Mulher (DDM) para prestarem depoimento. Indagadas, elas afirmaram aos militares que a mãe das crianças trabalha na zona rural e deixa os dois com elas.

Ainda segundo a polícia, enquanto a mãe não é encontrada, o caso é tratado como abandono de incapaz e maus-tratos. O Conselho Tutelar foi acionado e o caso será investigado pela polícia.

Fonte: Com informações do G1