Em tiroteio, policial é suspeito de matar criança de apenas 8 anos

O policial Militar se apresentou para prestar depoimento.

O soldado da Polícia Militar Francisco Marcelo Lopes Oliveira, suspeito de ser o responsável pelo tiro de pistola que matou a pequena Laís Nascimento de Sousa, 8, na última quarta-feira (25), no Genibaú, se apresentou ontem na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).


Em tiroteio, policial é suspeito de matar criança de apenas 8 anos

De acordo com o delegado Jairo Façanha Pequeno, diretor do Departamento de Polícia Especializada (DPE), o militar, que é lotado no grupo Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) e está há cinco anos na PM, disse que perseguia um bandido que havia roubado a bolsa da irmã dele e, durante a perseguição, houve tiroteio e ele efetuou disparos para o alto.

Segundo Façanha, o policial contou que atirou com um revólver 38 e não com uma pistola, apesar de terem sido encontradas no local do crime quatro cápsulas deflagradas de calibre Ponto 40. O soldado Marcelo disse ainda ao delegado que vai apresentar a arma usada na perseguição e também a pistola da PM, que está acautelada no nome dele. Ontem, ele foi submetido a exame residuográfico.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br