Empresário abusava de meninas após dar 'dia de princesa'

As meninas eram encantadas com os presentes

Um empresário identificado pelo nome de Ivomar Alves Freitas, de 51 anos, foi preso acusado de exploração sexual e estupro contra seis meninas de 11 a 14 anos. Segundo informações das vítimas, em troca de favores sexuais o empresário oferecia um dia de princesa para as meninas.

Ainda segundo elas, após um dia de presentes como celulares, perfumes, passeios em carros de luxo, o final de tudo sempre terminava em um motel. A surpresa maior para o delegado Eduardo Bueno, que efetuou a prisão do empresário, é de que uma das meninas afirmou não ser vítima do acusado, e sim ‘beneficiada’.

Image title

“Elas são meninas pobres, de baixa renda, para elas um dia de princesa era um luxo, ganhavam tudo que queriam. Mas todo adolescente que mantém relação sexual com maior de 18 anos é crime”, ressaltou.

O acusado foi preso na sede da empresa dele, o Centro Empresarial Paiaguas, que fica na avenida Rubens de Mendonça, uma das mais importantes comercialmente para a cidade.

De acordo com as investigações da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), ele responde por crimes praticados entre os anos de 2012 e 2013. No ano 2011, ele também foi investigado em outro inquérito pelos mesmos crimes.

Fonte: Com informações do Terra