Empresário é assassinado a tiros após sair de condomínio no Rio

Outras duas pessoas estavam no veículos mas só uma ficou ferida

Um empresário foi morto após sair de um condomínio, em Campo Grande, na zona oeste do Rio, na terça-feira (6). De acordo com testemunhas, o carro em que estavam Dorian de Azevedo Freitas, de 41 anos, e outros dois funcionários foi fechado, na estrada do Mendanha, por outro veículo com dois criminosos que dispararam pelo menos seis tiros contra o motorista. O empresário não resistiu aos ferimentos e morreu na hora.

Empresário é assassinado a tiros após sair de condomínio no Rio (Crédito: Reprodução)
Empresário é assassinado a tiros após sair de condomínio no Rio (Crédito: Reprodução)


Bruno Rafael Guimarães, de 29 anos, estava no banco do carona e também foi atingido. Ele foi levado para o Hospital Rocha Faria, em Campo Grande, e depois transferido para uma unidade particular na Barra da Tijuca, na zona oeste. Guimarães é advogado e estava em seu primeiro dia de serviço no novo emprego. Uma mulher que estava no banco de trás do veículo não se feriu.

Freitas, era administrador e empresário do ramos de serviços a condomínio, tinha acabado de fechar um negócio na propriedade em Campo Grande. A DH (Divisão de Homicídios) foi acionada e periciou o local do crime. Os familiares do empresário foram ouvidos na sede da DH da Barra.

Fonte: Com informações do R7