Empresário iraniano é preso por pedofilia em Fortaleza

Marvizi foi autuado, em flagrante, por crime de exploração sexual de adolescentes

O empresário iraniano Farhad Marvizi, 45, foi preso em flagrante, na tarde de ontem, por policiais da Delegacia de Combate aos Crimes de Exploração da Criança e do Adolescente (Dececa), acusado de pedofilia. Marvizi já vinha sendo investigado há, pelo menos, dois meses, sob a acusação de explorar sexualmente garotas menores de idade.

Ontem, os policiais se dirigiram ao condomínio onde o iraniano mora, localizado na Rua Braz de Francesco, no bairro São Gerardo (Zona Oeste), para cumprir um mandado judicial de busca e apreensão. Mas, acabaram abordando o acusado quando este saía do condomínio em sua caminhonete importada. Antes de sair da garagem, o veículo foi parado. Dentro dele estavam o iraniano e duas adolescentes, de 14 e 15 anos de idade.

Marvizi foi autuado, em flagrante, por crime de exploração sexual de adolescentes e pode ser expulso do Brasil.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br