Enfermeira é estuprada e morta com golpes de facão dentro de casa

O homem mora na casa ao lado da vítima

A enfermeira Regiane Valério, de 37 anos, foi estuprada e morta com golpes de facão pelo vizinho no litoral de São Paulo. A vítima estava grávida de um mês. Segundo a polícia, o homem é suspeito de ter praticado outros estupros no bairro.

Image title

A Polícia Civil informou que a vítima foi estuprada dentro de casa por Marcelo Batista, de 31. O homem mora na casa ao lado da vítima.

Após o estupro, o homem pegou um facão e assassinou a enfermeira. Em seguida, ele levou o corpo dela para a casa dele. As marcas do crime ficaram por todo o imóvel, onde a vítima morava com o marido.

Leandro Rocha da Silva, marido da vítima, conta que o casal havia descoberto que teria um bebê na semana passada. Regiane seria mãe pela primeira vez.

Batista foi preso em flagrante e confessou o crime. A polícia acredita que ele é o mesmo homem descrito em um retrato falado.


Fonte: Com informações do R7