Enfermeira vai presa por não coletar sangue de suspeito de dirigir bêbado

Irritado, o agente identificado como Rodriguez algemou Lisa e a levou para o carro patrulha

A enfermeira Lisa Hofstra, de 27 anos, está processando o Departamento de Polícia e a Prefeitura de Chicago após ter sido presa por um policial porque teria se recusado a tirar o sangue de um suspeito de dirigir embriagado, segundo a emissora "Chicago Breaking News".

De acordo com a reportagem, a enfermeira afirmou que, antes de coletar o sangue do suspeito, o homem teria que dar entrada no hospital como paciente. Irritado, o agente identificado como Rodriguez algemou Lisa e a levou para o carro patrulha.

O policial teria algemado a mulher quando ela se virou para chamar seu supervisor. "Ele veio sorrateiramente por trás de mim e agarrou meus braços. Eu nem sequer percebi o que estava acontecendo", afirmou ela.

O incidente foi flagrado pelas câmeras de segurança do hospital. Ela entrou com o processo, argumentando que o funcionário usou de força excessiva durante a prisão e a colocou sob custódia sem haver motivos. O agente não fez relatório sobre o incidente.



Fonte: g1, www.g1.com.br