Engenheiro acusado de abusar sexualmente de criança de sete anos é preso no Goiás

O suspeito negou a acusação e confirmou apenas que dava presentes à criança

A Polícia Civil de Goiás ouviu, nesta quinta-feira, depoimento de um engenheiro civil acusado de abusar sexualmente de um menino de 7 anos, em Goiânia. Segundo a denúncia, o suspeito tinha um relacionamento amoroso com a mãe da vítima e abusava da criança há cerca de um ano.

Segundo a delegada titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, Adriana Accorsi, a denúncia foi feita há 10 dias por uma tia da vítima, após o menino lhe contar que, naquele dia, seria abusado.

No depoimento, de acordo com Adriana, o suspeito negou a acusação e confirmou apenas que dava presentes à criança, com a intenção de agradá-la.

"Foram feitos exames físicos e psicológicos que constaram que a criança realmente foi violentada. A vítima estava com lesões graves na região genital, segundo o laudo", disse a delegada.

O engenheiro Laudo Vieira Filho, 57 anos, foi encontrado pelos policiais em sua casa, em um condomínio de luxo da cidade, e encaminhado para uma cela especial, na última segunda-feira.

A investigação já ouviu familiares da vítima e a diretora da escola em que estuda.

Fonte: Terra, www.terra.com.br