Enteada mata padrasto com uma barra de ferro por herança no MT

Segundo a Polícia Civil, a enteada da vítima, Andreia Vilela Lima, 35 anos, teria matado o homem com uma barra de ferro para ficar com a herança dele

Duas mulheres foram presas na madrugada deste sábado na cidade de Tesouro, a 370 km de Cuiabá (MT), pela morte do fazendeiro Ademar Costa Lima, 60 anos. Segundo a Polícia Civil, a enteada da vítima, Andreia Vilela Lima, 35 anos, teria matado o homem com uma barra de ferro para ficar com a herança dele.

A delegacia de Rondonópolis irá investigar o caso. De acordo com o delegado Henrique Meneguello, a suspeita teria sedado a mãe e o padrasto durante a noite com medicamentos. Ela então assassinou o homem na própria cama do casal. Logo depois, foi até a polícia alegando que assaltantes teriam matado o fazendeiro.

A polícia desconfiou da versão da mulher. "Ela contou uma história muito fantasiosa, que bandidos jogaram gás lacrimogêneo", conta o delegado. Eles prenderam a enteada e também Márcia Almeida Chaves, 29 anos, que teria ajudado a mulher na execução do crime. Em depoimento, a cúmplice confessou que Andreia matou o padrasto.

Os policiais também encontraram a barra de ferro em um córrego próximo à casa. O delegado Meneguello revela que a família já passou por outros problemas por questões financeiras.

Fonte: Terra