Esclarecida a morte de um comerciante no Ceará

Um dos taxistas levou o casal de homicidas e mais dois comparsas até a localidade de Matões

A morte do comerciante Jo?o Batista Rodrigues da Silva, 48 anos, est? esclarecida pela Pol?cia. O depoimento de dois taxistas foi determinante para a elucida??o do latroc?nio, registrado na quinta-feira (21), por volta das 19h20, na localidade de Mat?es, em Primavera, Caucaia, Regi?o Metropolitana de Fortaleza.

Um dos taxistas levou o casal de homicidas e mais dois comparsas at? a localidade de Mat?es, no dia 21, ? tarde, enquanto o colega de profiss?o trouxe o casal de volta ao centro de Caucaia, ainda na noite do mesmo dia, pouco tempo depois do latroc?nio. Minutos antes, os dois haviam pedido ?gua numa casa da localidade, tamb?m descoberta.

O comerciante, que tinha lojas na Barra do Cear? e Centro de Fortaleza, foi assassinado com dois tiros no abd?men pelo indiv?duo Hamilton Alves Gomes, 27 anos, que, por sua vez, foi morto a tiros cinco dias depois, na ter?a-feira (26), no bairro da Cigana, em Caucaia.

No momento da abordagem ao comerciante, em Mat?es, Hamilton estava na companhia da jovem identificada como Ana Paula Rocha Ferreira, 18 anos, que inclusive tentou dirigir a caminhonete Hilux prata da v?tima, de placas HYW-0709-CE, mas desistiu. O ve?culo foi abandonado. O casal fugiu levando celular e rel?gio do comerciante. A investiga??o foi feita pelos inspetores Ant?nio Lu?s, Santana e Ivan, da Delegacia de Caucaia.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br