Especialista em fraudar concursos é preso no DF

A máfia dos concursos jamais parou de agir no Distrito Federa

Apontado como líder da quadrilha especializada em fraudar seleções, Hélio Ortiz tem nova prisão decretada. Polícia Federal acredita que ele está por trás do golpe na prova do Depen, em fevereiro.

A Polícia Federal (PF) reúne indícios de que a máfia dos concursos jamais parou de agir no Distrito Federal, apesar da série de prisões e do enfraquecimento do esquema em 2005.

Nova investigação reforça a suspeita sobre a volta à ilegalidade do homem acusado de liderar o grupo acusado de interferir em concursos públicos no Brasil, principalmente na capital do país.

O ex-técnico judiciário Hélio Garcia Ortiz tem agora o nome envolvido na tentativa de fraude em um processo seletivo realizado no mês passado. Ele é considerado foragido pela PF.

Fonte: Em Tempo Real