Esposa se diz envergonhada de sargento estuprador

Esposa se diz envergonhada de sargento estuprador

Os dois oficializaram o casamento em 9 de dezembro do ano passado

A assistente administrativa X., de 32 anos, comemoraria neste domingo 1 ano de casamento com o sargento da Aeronáutica Edvaldo Silva Rodrigues Júnior, preso nesta sexta-feira na 25ª DP (Engenho de Dentro) após confessar ter cometido pelo menos dez estupros em apenas dois meses. Pega de surpresa, X, que tem uma filha de 3 anos com Edvaldo, hoje se diz envergonhada:

? Ele era o amor da minha vida. Achava que sabia tudo da vida dele. Agora, só sinto vergonha - diz a mulher de sargento.

Os dois oficializaram o casamento em 9 de dezembro do ano passado, num casamento comunitário em Santa Cruz, Zona Oeste do Rio. Mas o pouco tempo como marido e mulher não traduz a relação dos dois.

Embora morassem juntos há três anos, X. e Edvaldo já se conheciam há 17 anos.

? Ele foi o meu primeiro namorado... Meu primeiro amor... Foi meu primeiro em tudo - revelou.

Depois de um namoro adolescente, os dois romperam o relacionamento. X. se casou com outro homem e tem um filho de 8 anos. Edvaldo se mudou para Maranhão, casou e tem uma filha de 3 anos.

Eles voltaram a se aproximar quando Edvaldo sofreu um acidente de moto. O que parecia ser uma história de amor cheia de idas e vindas agora dava lugar a um estranho sentimento de vazio.

Na sexta-feira, ao visitar o sargento na delegacia, X parecia não acreditar na notícia de que o marido era o estuprador de moto que estava aterrorizando as mulheres da Zona Norte do Rio. Parecia em estado de choque ao visitar o marido e fazia força para não chorar.

Fonte: Extra