Estagiária é assassinada em boate de SP

Uma testemunha que estava na casa noturna contou que ouviu disparos de arma de fogo

Um investigador da Polícia Civil de São Sebastião, a 191 quilômetros de São Paulo, é suspeito de matar uma estagiária, também da Polícia Civil, e depois cometer suicídio na madrugada desta sexta-feira (24) em uma boate de Caraguatatuba, a 173 quilômetros da capital paulista. A polícia vai investigar o crime.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, uma testemunha que estava na casa noturna contou que ouviu disparos de arma de fogo e, ao se aproximar do local, viu duas pessoas caídas, sendo o policial e a mulher, ambos baleados na cabeça. A arma utilizada no crime, uma pistola calibre 45, estava próxima da mão do investigador, de acordo com a secretaria. A arma foi apreendida e o local periciado.

Fonte: g1, www.g1.com.br