Estelionatário que aplicava golpe do "Minha Casa, Minha Vida" é preso

Ângelo José Batista, de 34 anos, se identificava como funcionário da prefeitura da cidade para enganar as vítimas.

Um estelionatário que aplicava o golpe do "Minha Casa, Minha Vida" foi preso em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, no final da noite dessa quinta-feira (13). Ângelo José Batista, de 34 anos, se identificava como funcionário da prefeitura da cidade para enganar as vítimas. Ele pode ter lucrado cerca de R$ 20 mil.

De acordo com a Polícia Militar, o golpista foi alvo de várias denúncias e dizia que tinha o poder de facilitar a compra de apartamentos do programa do Governo Federal. Normalmente, ele cobrava até R$ 2 mil pelo serviço e, assim que recebia o pagamento, sumia. No entanto, em outros boletins de ocorrência registrados sobre os golpes, consta que algumas vítimas deram R$ 500, R$ 1 mil, R$ 3 mil e R$ 5 mil para o criminoso. Ao todo, seis pessoas lesadas procuraram a polícia.

Batista foi achado no bairro Sitio Poções e, ao ser questionado sobre os crimes, confessou e alegou que é ex-funcionário da Prefeitura de Betim, onde exerceu cargo comissionado. Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil da cidade e será investigado.

Fonte: r7