Estudante de direito mata médica a facadas durante discussão

O filho da médica, de 12 anos, presenciou o crime.

Um estudante de direito é suspeito de matar uma médica no bairro Jardim Riacho, em Contagem, na região metropolitana de BH, no fim da noite de domingo (22). Welington Tavares, de 29 anos, está internado em estado grave no Hospital Municipal. Ele foi socorrido pela polícia após ser encontrado com uma faca cravada no peito dentro de casa.


Estudante de direito mata médica a facadas durante discussão

No local, os militares também acharam o corpo da médica Cristine Moreira, de 41 anos, que trabalhava no posto de saúde da cidade. Ela chegou a ser socorrida pelo Samu, mas não resistiu aos ferimentos.

O filho da médica, de 12 anos, presenciou o crime. Ele contou à polícia que estava no quarto com um colega quando ouviu uma discussão entre o casal. Ele disse que tentou tirar a faca da mão do padastro, mas foi atingido no braço. O menino pediu ajuda a vizinhos, que chamaram a PM.

O casal namorava há cinco anos, mas se separou após agressões do estudante.

Fonte: r7