Estudante de medicina é assassinado a tiros por policial em festa

Os dois iniciaram uma discussão e o policial fez o disparo.

O estudante de medicina Maurício Rodrigues Pinheiro, de 23 anos, foi morto a tiros por um Policial Militar em Barra do Garças (MT). O jovem estava em uma balada na madrugada do último sábado (30) quando foi baleado pelo PM identificado como Paulo César de Souza Guirra, de 37 anos

O jovem morto era filho de um policial federal. Por meio de nota, a PF (Polícia Federal) lamentou a morte de Maurício e disse que ele foi “vítima de quatro tiros.

O autor dos disparos foi preso e encaminhado para a Polícia Judiciária Civil do município. Para conseguir prender o homem, amigos da vítima o imobilizaram enquanto pediam socorro. A Polícia Federal afirmou, ainda por meio de nota, que “está prestando todo o apoio necessário” ao pai do jovem e a família dele neste momento.

Jovem morto por policial (Crédito: Reprodução)
Jovem morto por policial (Crédito: Reprodução)


Amigos e familiares disseram que o PM estava mostrando sua arma e algumas pessoas não estariam gostando da atitude do policial e comunicaram a segurança do estabelecimento. Posteriormente, o autor dos disparos teria achado que o estudante foi quem fez a reclamação aos seguranças da casa noturna.

Então, o autor dos disparos foi em direção do estudante e o abraçou por trás e efetuou os disparos. Houve tumulto e correria. Maurício foi atingido nas costas, no tórax na mão. Ele foi socorrido e levado ao Pronto-Socorro da cidade, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 5h do último sábado.

Fonte: R7