Estudante é assassinado na frente da namorada na porta de motel; saiba

Jovem de 21 anos ia pedir garota em casamento na noite em que foi morto.

Um jovem de 21 anos foi assassinado na frente da namorada durante uma tentativa de assalto na porta de um motel, em Mauá, na Grande São Paulo.


Estudante é assassinado na frente da namorada na porta de motel em Mauá

As câmeras de segurança do estabelecimento flagraram toda ação dos bandidos que atiraram em Caio Santos à queima roupa.

Caio era estudante e tinha um filho de um ano e dois meses de um outro relacionamento e ia pedir a mão da namorada em casamento no motel.

O casal esperava na fila do motel, dentro do carro, quando dois criminosos se aproximaram pela janela do motorista e mandam os dois saírem do veículo. Quando o jovem desceu, foi baleado na cabeça por um dos bandidos. Muitas pessoas que estavam no local testemunharam o crime. A vítima foi levada ao hospital, mas já chegou sem vida.

Após matar Caio, os dois suspeitos continuaram cometendo crimes na região. A dupla roubou dois carros e tentava levar o tênis de um garoto que passava pela rua quando foi surpreendida por dois policiais que flagraram as ações criminosas.

Houve troca de tiros e os bandidos foram atingidos e um dos assaltantes, também baleado na cabeça, foi levado para o mesmo hospital em que Caio estava. A namorada dele reconheceu o criminoso, que permanece internado em estado grave e será encaminhado para a cadeia quando tiver alta.

José Carlos de Melo, delegado que investiga o caso, confirmou a informação.

? A noiva do rapaz identificou no hospital o ferido na cabeça como sendo um dos autores. A dúvida é se iam roubar o carro ou pertences.

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/São Paulo São Paulo

10/1/2014 às 09h20

Estudante é assassinado na frente da namorada na porta de motel em Mauá

Jovem de 21 anos ia pedir garota em casamento na noite em que foi morto

Pin It

Texto: -A +A

Retroceder

Um jovem de 21 anos foi assassinado na frente da namorada durante uma

tentativa de assalto na porta de um motel, em Mauá, na Grande São Paulo

As câmeras de segurança do estabelecimento flagraram toda ação dos bandidos que atiraram em Caio Santos à queima roupa

Caio era estudante e tinha um filho de um ano e dois meses de um outro relacionamento e ia pedir a mão da namorada em casamento no motel

O casal esperava na fila do motel, dentro do

carro, quando dois criminosos se aproximaram pela janela do motorista e mandam os

dois saírem do veículo. Quando o jovem desceu, foi baleado na cabeça por um dos

bandidos. Muitas pessoas que estavam no local testemunharam o crime. A vítima foi levada ao hospital, mas já chegou sem vida

Após matar Caio, os dois suspeitos continuaram cometendo crimes na região. A dupla roubou dois carros e tentava levar o tênis de um garoto que passava pela rua quando foi surpreendida por dois policiais que flagraram as ações criminosas

Houve troca de tiros e os

bandidos foram atingidos e um dos assaltantes, também baleado na cabeça, foi

levado para o mesmo hospital em que Caio estava. A namorada dele reconheceu o

criminoso, que permanece internado em estado grave e será encaminhado para a cadeia quando tiver alta

José Carlos de Melo, delegado que investiga o

caso, confirmou a informação.

? A noiva do rapaz identificou no hospital o ferido

na cabeça como sendo um dos autores. A dúvida é se iam roubar o carro ou pertences

Sônia Maria de Oliveira, mãe da vítima, não se

conforma com a tragédia.

? Ele simplesmente tirou a vida do meu filho. Acabou

com tudo. Não tem mais volta

Avançar

AnteriorSônia Maria de Oliveira, mãe da vítima, não se

conforma com a tragédia.

? Ele simplesmente tirou a vida do meu filho. Acabou

com tudo. Não tem mais volta Próxima

Sônia Maria de Oliveira, mãe da vítima, não se conforma com a tragédia.

? Ele simplesmente tirou a vida do meu filho. Acabou com tudo. Não tem mais volta.

Fonte: r7