Estudante "emparedada" em universidade dos EUA morreu asfixiada

O resultado oficial da necropsia foi divulgado pelo escritório do médico Wayne Carver

As autoridades anunciaram nesta quarta-feira (16) que a estudante encontrada morta emparedada em um laboratório da Universidade de Yale em New Haven morreu com asfixia provocada por compressão do pescoço.

O resultado oficial da necropsia foi divulgado pelo escritório do médico Wayne Carver, três dias depois da descoberta do corpo de Annie Lem, de 24 anos. Carver já havia revelado que se trata de um caso de homicídio.

Um técnico do laboratório em que Annie trabalhava e que era considerado suspeito foi libertado nesta quarta. Ele foi interrogado e teve amostras de DNA coletadas.

A estudante, que tinha origem vietnamita, iria se casar no domingo passado, data em que seu corpo foi encontrado.

Fonte: g1, www.g1.com.br