"Eu dei banho e maquiei ela", disse ex-namorado de dançarina morta

O homem falou friamente como fez o crime.

Anderson Rodrigues Leitão, 27 anos deu detalhes do que fez com o corpo ex-namorada Ana Carolina Vieira, 30 anos, durante os dois dias em que ficou com ela morta. Ele afirmou que a maquiou, deu banho no corpo dela e usou incenso para esconder o mau cheiro. À polícia, ele confessou ter cometido o crime por estrangulamento na noite desta segunda-feira (2), no apartamento em que ela morava no Sacomã, na Zona Sul de São Paulo.

"Coloquei incenso e ventilador para tirar o cheiro. Tinha recebido uma ligação da portaria falando que o cheiro estava forte, aí coloquei o incenso para disfarçar”, disse. Anderson disse que "cuidou" do corpo da ex-namorada morta. "Arrumei ela, banhei ela, maquiei ela, deixei ela normalzinha, sabe? Já trabalhei como representante de uma marca de cosmético, aí fiz a maquiagem dela, deixei ela toda arrumada, sabe, cara? Isso foi por volta das seis a sete horas da noite de segunda-feira". Segundo a polícia, o corpo da vítima estava com calcinha, camiseta de alça, uma blusa, deitado na cama e coberto.

Durante os dois dias em que a dançarina ficou morta no apartamento, Leitão ainda conseguiu pensar em organizar o local. "O quarto estava meio bagunçado, arrumei todo o quarto, arrumei a casa inteira. Aí eu tinha comprado um veneno de rato para morrer, mas o veneno não surtiu efeito. Queria morrer ali do lado dela. A minha intenção não era só tirar a vida dela. Quando vi o que aconteceu não queria mais viver sem a pessoa que eu amava."

Image title

Image title


Fonte: Com informações do G1