EUA: Atiradores matam 5 policiais em protesto por morte de negros

A polícia descreveu a emboscada como cuidadosamente planejada

Franco-atiradores instalados em telhados mataram cinco policiais em Dallas e feriram mais seis na noite de quinta-feira, em um ataque coordenado durante um dos diversos protestos espalhados pelo país após a morte de dois homens negros pela polícia nesta semana.

A polícia descreveu a emboscada como cuidadosamente planejada e executada e levou três pessoas à prisão antes de um quarto suspeito ser morto, no que a mídia local relatou ter sido um tiro auto-inflingido após um impasse que se estendeu até a manhã desta sexta-feira (08).

Image title

O quarto suspeito trocou tiros com a polícia durante o impasse em uma garagem e alertou sobre bombas espalhadas pela cidade. A polícia ainda não confirmou sua morte. O ataque foi um dos piores a tiros em massa contra policiais na história dos Estados Unidos.

O chefe da polícia de Dallas, David Brown, disse que os atiradores, alguns em posições altas, usaram rifles de precisão para atirar contra oficiais, no que aparentava ser um ataque coordenado.

O uso de força pela polícia contra afro-americanos em cidades como Ferguson, Missouri, Baltimore e Nova York, gerou periódicos, e muitas vezes violentos, protestos nos últimos dois anos e deu origem ao movimento Black Lives Matter (Vidas Negras Importam).

A ira foi intensificada quando as autoridades envolvidas em tais incidentes foram absolvidas em julgamentos, ou nem chegaram a ser julgadas.

Fonte: Com informações do Jornal Extra