Ex-aluno invade campus da USP, agride estudante e efetua disparos

O rapaz, que não teve o nome revelado, invadiu o alojamento de estudantes e agrediu com coronhadas um dos alunos que lá estava

A polícia procura por um ex-aluno da Universidade de São Paulo (USP) que efetuou três disparos no campus da universidade em São Carlos, no interior paulista, na noite desta quarta-feira. Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito é um ex-aluno de Ciências Exatas, que denunciou ter sido vítima de abuso sexual durante um trote com veteranos, em março.

O rapaz, que não teve o nome revelado, invadiu o alojamento de estudantes e agrediu com coronhadas um dos alunos que lá estava. Após a agressão, ele efetuou três disparos, que não acertaram ninguém. No momento dos tiros, outros dois alunos que estavam no alojamento saíram correndo e acabaram se machucando com vidros quebrados durante a fuga.

O homem agredido e os outros dois alunos foram socorridos, todos com ferimentos leves. Por causa do incidente, o campus de São Carlos anunciou a suspensão das aulas nesta quinta-feira.

Denúncia de abuso sexual

No dia 4 de março, o estudante envolvido na agressão desta quarta teria sido vítima de abuso sexual durante o trote da universidade. Na ocasião, a USP informou que o aluno fez a denúncia à universidade e que ?todas as ações e procedimentos pertinentes foram realizados pelos profissionais do setor, respeitando o sigilo próprio da atividade?.

Ainda por comunicado, a instituição alegou que, ?com o registro do Boletim de Ocorrência e a verificação de algumas incongruências dos relatos, o Presidente do Conselho Gestor do Campus acionou (no dia 14 de março) os setores competentes da Universidade para as providências cabíveis ao caso, tendo como decorrência, em primeira instância, a instauração de uma sindicância?.

O Terra entrou em contato com a assessoria da universidade nesta quinta-feira. A USP São Carlos informou que está apurando o caso e emitiria um comunicado em breve.

Fonte: Terra