Ex-atleta olímpica é condenada por tráfico de drogas

Ex-atleta olímpica é condenada por tráfico de drogas

A ex-atleta de 32 anos chegou a se dizer arrependida durante o julgamento desta segunda-feira

Medalha de ouro no campeonato nacional de patinação, em 1995, a ex-atleta olímpica dos Estados Unidos Nicole Bobek foi condenada a cinco anos pela acusação de participar de uma rede de distribuição da droga popularmente conhecida como cristal --à base de metanfetamina-- nos subúrbios de Nova Jersey (EUA).

A ex-atleta de 32 anos chegou a se dizer arrependida durante o julgamento desta segunda-feira, na corte de Jersey City. A confissão do caso aconteceu em junho do ano passado.

Ela --que terá liberdade condicional-- estava entre as cerca de 30 pessoas acusadas em 2009 da gestão de uma rede que supostamente distribuiu US$ 10 mil (cerca de R$ 17 mil), por semana, em metanfetamina.

O suposto líder do grupo, Eduardo Cruz Jr., foi condenado este mês a 16 anos de prisão devido ao episódio.

Bobek foi 17ª nos Jogos Olímpicos de Inverno de 1998, em Nagano, no Japão.

PATINAÇÃO E POLÍCIA

Um dos fatos que acabou despertando grande interesse em relação aos Jogos de Inverno de Lillehamer, em 1994, foi o ataque sofrido pela patinadora Nancy Kerrigan. Em 6 de janeiro, pouco antes do Campeonato Norte-Americano de patinação artística, que definiria os representantes dos Estados Unidos para a Olimpíada, uma pessoa atingiu o joelho de Nancy com uma barra de ferro.

Sem a sua presença, a principal adversária, Tonya Harding venceu o campeonato e se classificou para os Jogos. Uma semana depois, três homens foram presos e descobriu-se que o mandante tinha sido Jeff Gillooly, ex-marido de Tonya. Ele acabou confessando a sua culpa e acusou a ex-mulher de ter dado autorização para o ataque.

Na ocasião, Tonya negou a história e em fevereiro, recuperada, Nancy participou dos Jogos e conquistou a medalha de prata, enquanto Tonya ficou em oitavo lugar. O ouro ficou com a campeã mundial de 1993, a ucraniana Oksana Baiul.

Fonte: g1, www.g1.com.br