Ex-BBB morto: polícia recebe novas denúncias contra agiotas

O ex-BBB, segundo parentes, se endividou ao abrir um sushi-bar

Ainda sem provas concretas sobre o que provocou o assassinato do ex-BBB André Cowboy, a Delegacia de Alumínio (SP) checa nas últimas horas novas denúncias contra agiotas que poderiam ter cometido o crime devido à dívidas contraídas pela vítima. Oficialmente, no entanto, ainda não há suspeitos e sequer convicção se André foi vítima de uma execução ou de um latrocínio - roubo seguido de morte. Todos os credores da vítima estão sendo interrogados, já que a principal hipótese trabalhada pela DP é de assassinato. O ex-BBB, segundo parentes, se endividou ao abrir um sushi-bar, instalado na fazenda onde ele foi morto com um tiro na nunca, no início do mês, na zona rural da cidade.

Nos últimos dez dias, ao menos cinco denúncias contra agiotas diferentes já chegaram à delegacia. Duas delas foram encaminhadas entre o final de semana e esta quarta-feira. "Estamos apurando cada denúncia, mas os dados até agora não estão fechando para podermos estabelecer uma lista real de suspeitos", explicou a responsável pela investigação, delegada Luciane Almeida. O caso é considerado "extremamente difícil" por ela. "Ainda temos alguns dias para concluir o inquérito dentro dos prazos, mas seguimos com dúvidas quanto ao que realmente ocorreu. Além disso não podemos tornar público alguns detalhes que temos, sob pena de a investigação ser atrapalhada."

O laudo na necrópsia foi divulgado na última sexta-feira. "Ele é esclarecedor, mas não definitivo", ressaltou a delegada. Ao longo da tarde desta quarta-feira, novas diligências sobre o caso serão cumpridas na região de Alumínio. Segundo a família de André, uma das dívidas que ele contraiu chegava a R$ 60 mil. O valor era cobrado, antes da morte, por um empresário, de nome não revelado, que teria contratado agiotas para pedir o pagamento.

A viúva, Luciana Almeida, concedeu entrevista no início do mês, e afirmou também acreditar em uma execução. "Tenho alguns suspeitos, mas não posso falar. Não foi qualquer ladrãozinho que fez isso, não." Ela confirmou que a morte do marido pode estar relacionada a essa dívida. "Se for ele mesmo (o credor), quero que fique na cadeia. Mas, se não foi ele, também não vou pagar (a dívida)", disse Luciana. André Cowboy participou da 9ª edição do BBB e foi eliminado com 12 dias de programa.



Fonte: Terra, www.terra.com.br