Ex-companheiro mata jovem que havia sido mãe há 40 dias

Homem ainda atirou contra a mãe da jovem

Na noite da última quarta-feira (31), uma jovem, que havia sido mãe pela primeira vez há 40 dias, foi morta a tiros, em Ampére, no sudoeste do Paraná. A vítima, que foi identificada como Marilei Kazmiroski, de 19 anos, foi levada para fora de casa e levou um tiro na cabeça.

De acordo com a Polícia Civil, o principal suspeito pelo crime é o ex-companheiro dela e pai da recém-nascida, que está sendo procurado. 

As investigações apontam que Marilei viveu com o suspeito por cerca de cinco meses até que recentemente eles se separaram, pois o rapaz era muito violento. O homem não aceitava o término do relacionamento e, por isso, no dia do crime, foi até a casa da vítima para conversar com ela.

A moça estava no local acompanhada dos pais e do atual namorado. Ao chegar na residencia, o suspeito bateu boca com a ex-companheira e tentou atacá-la. O atual namorado da vítima e a mãe dela tentaram impedi-lo, mas a mãe de Marilei acabou baleada. Em seguida, a jovem foi puxada para fora de casa, onde levou um tiro na cabeça e morreu. O suspeito fugiu logo depois. A mãe da jovem está internada em estado estável em um hospital da região. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito já está sendo procurado.

Marilei Kazmiroski (Crédito: Reprodução)
Marilei Kazmiroski (Crédito: Reprodução)



Fonte: Com informações do Extra