Ex de Bruno confirma participação de policial aposentado no crime, se retira e deixa advogado falando sozinho

Dayanne Rodrigues, ex-mulher do goleiro Bruno, confirmou a participação de um policial aposentado no crime que resultou na morte de Eliza Samudio.

Em novo depoimento prestado nesta quinta-feira, no Fórum de Contagem, em Minas Gerais, Dayanne Rodrigues, ex-mulher do goleiro Bruno, confirmou a participação de um policial aposentado no crime que resultou na morte de Eliza Samudio. Segundo ela, Lauriano de Assis Filho, o Zezé, foi quem pediu para que entregasse Bruninho - filho de Bruno com Eliza - a Coxinha, motorista do sítio do jogador em Esmeraldas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Depois de entregar a criança, Dayanne se apresentou à polícia e acabou detida.


Ex de Bruno confirma participação de policial aposentado no crime, se retira e deixa advogado falando sozinho

Zezé e o ex-policial civil Gilson Costa são investigados pelo Ministério Público por suspeita de participação no crime. Nesta quarta, o promotor Henry Vasconcelos já havia informado ter elementos suficientes para indiciar Zezé pelo menos por sequestro e cárcere privado.

Logo depois de Dayanne responder às perguntas de seus advogados e da juíza Marixa Fabiane, o advogado do ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, Ércio Quaresma, pediu para interrogar a ré. A magistrada permitiu. Dayanne, porém, se retirou do plenário e Ércio fez 24 perguntas a uma cadeira vazia.

Fonte: Extra