Ex-jogador da base do Grêmio é preso por suspeita de 8 mortes

Ex-jogador da base do Grêmio é preso por suspeita de 8 mortes

Conhecido como "Jogador", homem já foi preso quatro vezes este ano.

Um jovem de 18 anos, que até 2011 atuava nas categorias de base do Grêmio e foi dispensado pelo clube, foi preso na quarta-feira (11) por suspeita de, pelo menos, oito homicídios no bairro Restinga e na Vila Conceição, em Porto Alegre. Conforme a Polícia Civil, o ex-atleta, que é conhecido como "Jogador", fazia parte da "Gangue dos Primeiras" e abandonou o esporte após envolvimento com crimes.

Conforme a polícia disse, só este ano o homem foi preso quatro vezes por porte ilegal de arma de fogo, sendo que em duas oportunidades portava uma arma calibre .9mm, e em outra, após um tiroteio no bairro Restinga, estava com uma pistola .40mm com numeração raspada e símbolos que indicavam ser uma arma do estado. Neste mesmo dia, houve tiroteio entre quadrilhas rivais no local.

Ele também é investigado por participar de um tiroteio no início do ano, onde um policial militar de folga e sua filha foram alvejados enquanto se dirigiam para confraternizar em um baile de carnaval. Naquele dia, conforme a polícia, o veículo da família foi confundido com o carro utilizado por uma gangue rival.

O envolvimento de "Jogador" com crimes na Restinga e na Vila Conceição era tanto que, conforme a polícia, duas delegacias especializadas trabalhavam em conjunto para efetuar a prisão. O jovem foi encaminhado ao Presídio Central.

Fonte: G1