Ex-mestre de bateria é morto a tiros dentro do próprio carro no Rio

Ex-mestre de bateria é morto a tiros dentro do próprio carro no Rio

Segundo a Polícia Militar (PM), homens em um veículo teriam interceptado o carro de Marcone e feito vários disparos.

O ex-mestre de bateria da escola de samba Imperatriz Leopoldinense, Marcone da Silva Sacramento, de 32 anos, foi morto a tiros dentro do seu carro, no final da noite de domingo (13). O crime ocorreu em Ramos, subúrbio do Rio de Janeiro.

Segundo a Polícia Militar (PM), homens em um veículo teriam interceptado o carro de Marcone e feito vários disparos. Marcone morreu no local e os suspeitos fugiram.

Marcone Sacramento deixou o comando dos ritmistas da Imperatriz em 2011, depois de uma briga com o presidente e patrono da Imperatriz Leopoldinense, Luiz Pacheco Drumond, o Luizinho.

O corpo do ritmista foi levado para o Instituo Médico-Legal, e o veículo encaminhado para a Delegacia de Homicídios.

A escola de samba Imperatriz Leopoldinense divulgou uma nota lamentando a morte do seu ex-mestre de bateria.

Fonte: G1