Ex-namorado de Eloá será ouvido em processo contra o pai da adolescente

Linderberg Alves prestará depoimento nesta quinta-feira (4), em Tremembé

Linderberg Alves, acusado de matar a ex-namorada Eloá Cristina Pimentel, será testemunha no processo contra o pai da adolescente, Everaldo Pereira dos Santos. A informação foi confirmada pela advogada do jovem, Ana Lucia Assad.

Everaldo é acusado de participação na execução a tiros do delegado Ricardo Lessa, irmão do ex-governador Ronaldo Lessa (PDT), e de seu motorista, Antenor Carlota, em 1991.

De acordo com a advogada Ana Lucia, o depoimento será feito por meio de carta precatória e ocorrerá no Fórum de Tremembé, cidade onde ele está preso, às 14h desta quinta feira (4).

A jovem Eloá Cristina Pimentel foi morta com um tiro na cabeça por Linderberg Alves no dia 18 de outubro de 2008 depois de passar cem horas como refém em sua casa. O pai da menina, que estava foragido há 15 anos, foi identificado pela polícias nas imagens exibidas pela televisão.

Everaldo Pereira dos Santos foi condenado a 33 anos e meio de prisão no dia 7 de novembro de 2009, em Maceió. Na época, ele permanecia foragido e foi julgado por participação em um duplo assassinato, mesmo não estando presente na audiência. O ex-cabo da Polícia Militar foi preso no dia 28 de dezembro na casa de parentes em Maceió.

Fonte: R7, www.r7.com