Ex-PM é preso por abuso sexual em campus de universidade

Jaudene Soares Josende, 42 anos, que estava foragido, foi encontrado em Sapucaia do Sul, a 30 km da capital gaúcha

Um ex-policial militar foi preso na quarta-feira por roubar e abusar sexualmente de uma funcionária da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) no Campus do Vale da instituição, na zona leste de Porto Alegre. Jaudene Soares Josende, 42 anos, que estava foragido, foi encontrado em Sapucaia do Sul, a 30 km da capital gaúcha.

O crime ocorreu no dia 4 de outubro, quando uma servidora terceirizada da UFRGS foi vítima de um golpe de Josende dentro do campus da universidade. A mulher, de 22 anos, desmaiou e, quando acordou, estava amarrada e amordaçada em uma área de mata.

O ex-PM a ameaçou com uma faca de cozinha e se preparava para estuprá-la quando ouviu um barulho de pessoas se aproximando. Quando ele saiu para verificar, a vítima conseguiu fugir.

A funcionária chamou a polícia e reconheceu o agressor em vídeos de câmeras de segurança da universidade. Após a divulgação das imagens, a equipe da delegada Marina Goltz, da Delegacia da Mulher de Porto Alegre, identificou o suspeito.

Em novembro, a Justiça concedeu mandados de prisão, busca e apreensão, mas Josende não foi encontrado. Os policiais localizaram apenas a mochila e as roupas que ele usava no dia do ataque, itens que foram reconhecidos pela vítima.

A polícia fez buscas no bairro Lomba do Pinheiro, onde o homem vivia, e na quarta-feira recebeu uma denúncia anônima de que ele estava em Sapucaia do Sul. Josende foi encontrado em uma lavagem de carros na cidade da região metropolitana.

Segundo a delegada Marina Goltz, o homem foi expulso da Polícia Militar em 2007, quando foi condenado por outra tentativa de estupro e atentado ao pudor. Ele foi encaminhado ao Presídio Central e deve ser indiciado por roubo e tentativa de estupro até o final desta semana.

Fonte: Terra