Ex-prefeito de Barra do Corda pode ter sido vítima de pistolagem

Manoel Mariano de Sousa foi morto com tiros no pescoço.

O delegado Regional da Polícia Civil de Barra do Corda, Renilton Ferreira, já iniciou investigação acerca da morte do ex-prefeito do município,Manoel Mariano de Sousa, assassinado a tiros por volta das 08h30 da manhã de quarta-feira (06).

O homicídio teria sido praticado por dois criminosos em uma motocicleta. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) acredita que o ex-prefeito tenha sido vítima de pistolagem: crime praticado por criminoso em punho de arma e fogo a mando do mandante da ação.

Manoel Mariano de Sousa, ex-prefeito do município de Barra do Corda (Crédito: Reprodução)
Manoel Mariano de Sousa, ex-prefeito do município de Barra do Corda (Crédito: Reprodução)

“A polícia está conseguindo caminhar construtivamente. Estamos traçando linhas de investigações com várias equipes tanto da Policia Civil quanto da Polícia Militar e todo o sistema de segurança da região está voltado e a disposição para a elucidação desse crime. Trabalhamos com algumas hipóteses e acreditamos que em breve, estaremos com a conclusão desse caso para o esclarecimento dos fatos para a população de Barra do Corda e de todo o estado do Maranhão”, informou o delegado. 

Testemunhas relataram para Polícia Militar que o ex-prefeito estava acompanhado do filho, o deputado estadual Rigo Teles (PV), quando foi surpreendido por dois bandidos em uma moto. Um dos criminosos efetuou disparos que atingiram o pescoço de Manoel Mariano de Sousa. O filho da vítima não foi alvejado. 

O velório aconteceu durante toda a madrugada e foi marcado por muita revolta e comoção. A família informou que o sepultamento deve acontecer ainda nesta quinta-feira.

Fonte: Com informações do G1-MA e Polícia Civil
logomarca do portal meionorte..com