Ex-prefeito é denunciado por sequestro

As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou políticos e empresários do município de Juína, a 748 km de Cuiabá (MT), sob acusação de sequestro, cárcere privado e constrangimento ilegal contra jornalistas e ambientalistas que tentavam produzir um documentário sobre os índios da etnia enawene nawe. Entre os envolvidos estão o ex-prefeito Hilton Campos (PR) e o ex-presidente da Câmara Municipal Francisco de Assis Pedroso (DEM). As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

O caso aconteceu entre os dias 20 e 21 de agosto de 2007 e envolveu um fotógrafo brasileiro, dois jornalistas franceses e integrantes das ONGs Greenpeace e Opan (Operação Amazônia Nativa). O grupo estava em um hotel da cidade e se preparava para ir à terra indígena, quando foi surpreendido por uma manifestação que cercou o local. Segundo a Procuradoria, "fazendeiros, empresários e autoridades da cidade cercaram o hotel onde estavam hospedados os repórteres e ambientalistas e exigiram que eles se retirassem". O grupo foi levado à Câmara para explicar sua presença na região. De acordo com a denúncia, após a sessão, a equipe do documentário foi levada novamente ao hotel e, no dia seguinte, escoltada até o aeroporto.

Fonte: Terra