Ex-prefeitos são presos no Maranhão

A operação também apreendeu documentos e computadores em escritórios

Os ex-prefeitos Washington Pláscido (Governador Edison Lobão), Ildésio Gonçalves de Oliveira (São Pedro D´Água Branca), Nélson Castilho (Montes Altos) e a esposa, também ex-prefeita, Patrícia Castilho, foram presos na manhã desta terça-feira (27) na Operação Rapina IV deflagrada pela Polícia Federal e Controladoria Geral da União (CGU).

Um contador identificado apenas por ?Chicão?, responsável pela contabilidade das prefeituras, também foi preso. Outras pessoas suspeitas de participar da mesma quadrilha que desviou cerca de R$ 14 milhões de verbas da União podem ser presas nas próximas horas.

A operação, realizada nas primeiras horas da manhã de hoje, também apreendeu documentos e computadores em escritórios de contabilidades e nas prefeituras. Desta operação participam 25 analistas da Controladoria Geral da União (CGU) e cerca de 170 policiais para cumprimento de 25 mandados de prisão e 42 mandados de busca e apreensão.

Em entrevista coletiva, o delegado chefe das investigações, Pedro Roberto Meireles Lopes, evitou falar em nomes das pessoas presas ou investigadas, mas acabou por confirmar os mandados de prisões contra os ex-gestores. Em uma situação inédita, segundo ele, o Tribunal Regional Federal emitiu mandados de condução coercitiva de pessoas com menor grau de envolvimento na quadrilha, estratégia usada para evitar combinações de depoimentos dentre os suspeitos.

Fonte: Imirante, www.imirante.com.br