Ex-presidiário é morto com dois tiros na cabeça em obra na capital

Danilo Alves de Sousa Silva, 23 anos, foi morto com dois tiros

O jovem Danilo Alves de Sousa Silva, 23 anos, que trabalhava como servente de pedreiro em uma obra  na BR-343, na Ladeira do Uruguai, na zona Leste de Teresina foi morto a tiros ao chegar no local de trabalho, na manhã desta segunda-feira (11).

O crime teria acontecido por um inimigo da vítima em um possível acerto de contas, já que Danilo era ex-presidiário e tinha envolvimento com roubos e assaltos na capital piauiense.

Os policiais da Força Tática do 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM), foram acionados para atender a ocorrência e constataram o homicídio ao chegarem no local do crime. A vítima morava na Vila Samaritano e foi atingida com dois tiros na cabeça.

Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) recolheu o corpo de Danilo Alves e levou para a realização de exame cadavérico e liberação para sepultamento.

O suspeito do crime ainda não foi identificado, assim como qual teria sido a real motivação do assassinato. A polícia deve ouvir testemunhas e familiares na tentativa de elucidar o crime.

Fonte: Portal Meio Norte