Ex-presidiário é preso por agredir companheira e diz que quando for solto irá matá-la

O acusado agrediu física e moralmente sua companheira


O ex-presidiário Francisco de Assis Cardoso Nunes tentou matar sua companheira Maria Juliana Rodrigues Neves, neste sábado (01), em Parnaíba.

Segundo Maria Juliana, seu companheiro ficou com ciúmes devido a um ex-namorado ir a sua casa para dar um recado a sua mãe.

Ela disse que nesse momento Francisco de Assis ficou transtornado e começou a agredi-la com palavras, depois jogou comida em cima dela, deu socoso em seu rosto e por último foi até a cozinha, pegou uma faca e a lesionou acima do olho direito.

Violento, o companheiro ainda ameaçou sua mãe que tentava intervir na briga.

A Polícia foi acionada e ao ser ouvido pela polícia, Francisco de Assis confirmou as agressões e disse que o motivo teria sido ciúmes. Disse também que havia bebido e fumado crack durante a tarde.

O acusado disse ter ficado surpresa de sua companheira ter ido denunciá-lo e fez ameaças de que assim que sair da cadeia, caso passe muitos anos, matgará Maria Juliana.

Francisco Cardoso tem 37 anos, é natural de Buriti dos Lopes, onde já cumpriu pena no presídio de Parnaíba e está com liberdade provisória.

 

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Portaldocatita