Ex-presidiário pode ter sido morto por dívida de R$ 10, afima polícia

Em depoimento à polícia, a mulher da vítima informou que o marido foi baleado quando o suspeito veio cobrar uma dívida de R$ 10.

A Polícia Civil do Ceará investiga a morte de um ex-presidiário de 23 anos que teria sido assassinado por conta de uma dívida de R$ 10,00 no município de Quixadá, Sertão Central do estado. Segundo a Polícia Militar, o crime ocorreu na manhã desta sexta-feira (4), quando a vítima foi baleada com um tiro na nuca por outro ex-presidiário de 32 anos.

Em depoimento à polícia, a mulher da vítima informou que o marido foi baleado quando o suspeito veio cobrar uma dívida de R$ 10. A polícia informou ainda que no relatório de ocorrências da noite anterior ao assassinato foi registrada uma lesão a faca sofrida pela vítima e cometida pelo mesmo suspeito. No momento do crime, a vítima se recuperava da lesão em casa quando foi surpreendida com o tiro.

Após o assassinato, a polícia fez o cerco nas proximidades e localizou o suspeito em um matagal, onde ocorreu a prisão em flagrante. Ainda de acordo com a PM, após ser preso, o suspeito informou em depoimento que o motivo da briga tem a ver com um caso amoroso que teve com a mulher da vítima. O caso está sendo investigado pela delegacia regional da Polícia Civil de Quixadá, onde o autor do crime permanece preso.

Fonte: G1