Exames confirmam que africanos levavam cocaína em cápsulas

Vinte e duas pessoas foram presas quando tentavam embarcar para Angola.

Exames confirmaram nesta terça-feira (19) que os 22 africanos detidos na segunda (18), no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, estavam realmente com cápsulas de cocaína no estômago. Eles haviam sido presos quando tentavam embarcar para Angola. A polícia desconfiou do grupo e ordenou que eles passagem por um equipamento de raio-x.

Os africanos ficaram internados no Hospital Geral de Guarulhos até expelir todas as cápsulas. Um deles levava mais de dois quilos de cocaína. Eles devem ficar presos até o julgamento. Se condenados, vão cumprir a pena no Brasil.

Fonte: g1, www.g1.com.br