Exército chega ao Alemão com 800 homens para cerco

Exército chega ao Alemão com 800 homens para cerco

A missão específica dos soldados é cercar e isolar a área do Alemão para que ela seja ocupada

Soldados do Exército começaram por volta das 15h desta sexta-feira (26) a chegar ao conjunto de favelas do Alemão, na Zona Norte do Rio. Eles fazem parte de um grupo cedido pelo Ministério da Defesa para auxiliar no combate à onda de violência na cidade.

Segundo o coronel Zanan, da seção de comunicação do Comando Militar do Leste, a missão específica dos soldados é cercar e isolar a área do Alemão para que ela seja ocupada. Serão cerca de 800 soldados em mais de 50 viaturas

Na quinta (25), uma operação policial liderada pelo Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar do Rio entrou na favela da Vila Cruzeiro, que havia se tornado um reduto de traficantes na Penha. Cerca de cem criminosos fugiram em direção ao Alemão. A operação liderada pelo Bope teve apoio da Polícia Civil e da Marinha, que forneceu blindados.

APLAUSOS NA CHEGADA - Na chegada dos soldados à região da Penha nesta sexta, por volta das 14h30, moradores aplaudiram. Nesta região, acontecem os maiores conflitos da atual onda de violência no Rio. Os carros saíram da Brigada Paraquedista, na Vila Militar na Zona Oeste.

MINISTRO FALA EM ENFRENTAR RISCOS - O Ministro da Defesa, Nelson Jobim, afirmou, após reunião com o governador Sérgio Cabral, que a integração das esferas federal e estadual tem o objetivo único de combater a criminalidade no Rio de Janeiro. "Esse não é o momento de contornar riscos e sim de enfrentar riscos", afirmou Jobim sobre a situação enfrentada em virtude da onda de ataques no estado.



Fonte: g1, www.g1.com.br