Exército investiga denúncia de abuso sexual em quartel

Um militar de 19 anos teria sido abusado sexualmente dentro de um quartel de Santa Maria

O Exército abriu um Inquérito Policial Militar (IPM) para investigar a denúncia de que um militar de 19 anos teria sido abusado sexualmente dentro de um quartel de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. Os suspeitos, segundo o general Sergio Westphalen Etchegoyen, comandante da 3º Divisão Militar do Exército, são quatro militares que atuam no mesma unidade.

?A denúncia foi feita pelo próprio militar no último dia 18 de maio. De imediato, instauramos um IPM para apurar o caso e comunicamos à Justiça Militar e ao Ministério Público Militar. Temos cautela e estamos analisando todos os fatos e esperando o resultado das perícias técnicas, que irão comprovar o que ocorreu?, diz o general.

Conforme Etchegoyen, o fato teria ocorrido no dia anterior à denúncia, na terça-feira, dia 17, no interior do Parque Regional de Manutenção de Santa.

?São todos soldados novos, do serviço temporário, foram incorporados juntos agora em março?, diz o general.

Os suspeitos continuam em suas atividades normais porque não houve flagrante, diz o oficial. A investigação deve ser finalizada em 40 dias. O militar que fez a denúncia está internado no Hospital da Guarnição de Santa Maria desde o ocorrido.

Fonte: g1, www.g1.com.br