Falsa morte de Nardoni abala sua família

O texto foi escrito numa página de internet que simulava um site de notícias

Uma mensagem enviada por e-mail para vários destinatários geralmente utilizada para distribuir vírus que atacam computadores ?chamada spam- falando da suposta morte de Alexandre Nardoni, abalou parentes dele. Ele é pai de Isabella, morta ao cair do sexto andar de um prédio da zona norte de São Paulo no dia 29 de março de 2008. Nardoni e a madrasta de Isabella, Anna Carolina Jatobá, estão presos acusados pelo crime. Os dois negam.

A mensagem enviada nesta quarta-feira (7) mencionava que Alexandre Nardoni morreu na última segunda-feira (5) em Tremembé (147 km de São Paulo) durante o banho de sol. O texto foi escrito numa página de internet que simulava um site de notícias e mencionava que Nardoni foi agredido com pedras e facas.

Antonio Nardini, pai de Alexandre, disse ao R7 que ficou sabendo do envio do e-mail pela imprensa e que todos os parentes ficaram abalados com a falsa notícia da morte de seu filho. Ele ligou para o presídio e conseguiu falar com agentes. A SAP (Secretaria de Administração Penitenciária) confirmou que nada ocorreu com Alexandre.

-Está tudo tranquilo e ele [Alexandre] está bem.

Recentemente Ana Carolina Cunha de Oliveira, mãe de Isabella Nardoni, 5, entrou na Justiça contra a publicação de um livro sobre a filha. Ela pede R$ 500 mil de indenização. A Justiça mandou recolher os livros.

Fonte: g1, www.g1.com.br