Falso fiscal da receita é preso após dar golpe de R$ 60 mil em empresário

O golpista marcou um encontro com o empresário em um hotel em São Paulo.

A polícia prendeu, nesta sexta-feira (11), um estelionatário que aplicava golpes se passando por fiscal da Receita Federal de São Paulo.

O golpista procurava empresas em todo o Brasil na condição de fiscal da Receita e oferecia produtos, que, segundo ele, faziam parte de lotes apreendidos pelo órgão federal.

Com a lábia peculiar, afirmava que todos os produtos eram legais e tinham nota fiscal.

Um empresário de Minas Gerais caiu no conto. O falsário ofereceu geradores de energia por R$ 120 mil, bem abaixo do praticado pelo mercado.

O combinado era o empresário pagar a primeira parcela com um cheque administrativo no valor de R$ 60 mil. A parte restante deveria ser entregue tão logo a Receita Federal liberasse o lote de geradores. O estelionatário recebeu o cheque de 60 mil reais, sacou o dinheiro e sumiu.

O sócio do empresário avisou a polícia.

Orientado pelo delegado Araribóia Fuzita Tavares, do 3º DP (Camos Elísios), o empresário enviou um e-mail para o criminoso dizendo que era um empresário de Pernambuco e que estava interessado em comprar 1 milhão de DVDs.

O golpista marcou um encontro com o empresário em um hotel em São Paulo.

Todos os passos dele estavam sendo monitorados pela polícia. O negócio seria fechado em um restaurante. Quando o estelionatário apresentou a credencial falsa de fiscal da Receita Federal recebeu voz de prisão.

Como o acusado estava com identidade falsa, a polícia ainda tenta levantar seu verdadeiro nome.

Fonte: r7