Falso pastor é preso acusado de estuprar mulheres

"Tentou enfiar a mão dentro da minha calça”, disse uma das vítimas

Um homem identificado como Paulo Sérgio Pereira, 45 anos, foi preso acusado de se passar por  pastor para  estuprar mulheres, em Vitória, no Espirito Santo. De acordo com a polícia, ele enganou os fiéis por cerca de quatro meses.

Uma mulher, de 42 anos, que preferiu não se identificar, afirmou que foi vítima do sus peito que se aproveitava das 'orações' para abusar das mulheres. "Ele pedia para orar no meu quarto, para abençoar minha relação com meu marido. Ele começou tocando minha cabeça, depois meu peito, até que um dia tentou enfiar a mão dentro da minha calça”, disse.

Após denúncias, a Delegacia de Atendimento a Mulher de Cariacica conseguiu prender Paulo Sérgio que encontrava uma maneira de ficar sozinho com as mulheres para “livrá-las de maldições”. 

Na delegacia, ele negou todas as acusações. Ainda segundo informações da polícia, pelo menos quatro mulheres sofreram abusos praticados pelo falso pastor.

Image title



Fonte: Com informações do G1