Família de ex-dançarina do Bolinha soube de morte pela web

Polícia Civil continua investigando o crime.


Família de ex-dançarina do Bolinha diz que soube de morte pela internet

Familiares da ex-dançarina Marta Rodrigues Nascimento, 50 anos, prestaram depoimento na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) em Sorocaba (SP) na quinta-feira (24). De acordo com a Polícia Civil, a família soube do assassinato da ex-dançarina através da internet. A vítima trabalhou como dançarina no extinto programa Clube do Bolinha, da TV Bandeirantes.

?Três irmãos e dois cunhados da vítima estiveram na delegacia. Eles contaram que o contato com Marta era mínimo?, explica o delegado Acácio Leite. Durante o depoimento, os irmãos da ex-dançarina afirmaram que ela vivia de forma reservada e que optou por não manter convívio com a família.

Marta tem uma filha e um neto, que vivem na capital paulista. Nem mesmo ela sabia detalhes da vida da mãe. ?Os familiares desconfiavam que ela trabalhava como garota de programa, e este é um dos pontos da investigação?, destaca o delegado.

Após a equipe pericial do Instituto de Criminalística coletar provas do crime na residência da vítima, no bairro Cidade Jardim, uma das vizinhas da ex-bolete resolveu ficar com os dois cachorros, que eram as únicas companhias de Marta.

A Delegacia de Investigações Gerais continuará investigando o crime. ?É tudo muito recente, mas a apuração deste assassinato está indo bem?, finaliza o delegado Acácio Leite.

O crime

A ex-dançarina Marta Rodrigues Nascimento foi encontrada morta na terça-feira (22) pela Polícia Militar do município. Seu corpo estava enrolado em vários cobertores e apresentava marcas de facada.

De acordo com a empresa funerária, a vítima foi enterrada às 15h30 da quarta-feira (23), por solicitação da DIG. Ela estava com sinais avançados de decomposição. Nenhum amigo ou familiar compareceu ao enterro, que foi realizado no Cemitério Municipal Santo Antônio.

Fonte: G1