Família de jovem morto em blitz questiona ação dos policiais

Família de jovem morto em blitz questiona ação dos policiais

João Pedro foi morto por tiro de fuzil

Durante um bloqueio policial, João Pedro, de 23 anos, foi morto por um tiro de fuzil. Os policiais afirmaram que houve tiroteio e os jovens perseguidos estavam armados. A perícia constatou que os jovens não dispararam contra os policiais, e que os tiros que atingiram a viatura foram efetuados pelos próprios PMs.

Fonte: r7