Festa regada a drogas, álcool e sexo termina com 11 presos em um sitio

Os policiais depararam com algumas pessoas andando sem roupa pelas dependências do sítio



Uma festa regada a drogas, álcool e sexo explícito terminou na prisão de oito homens e três mulheres em São Joaquim de Bicas, na região metropolitana de Belo Horizonte, na noite dessa terça-feira (28). O grupo, que tem idade entre 19 e 35 anos, foi detido em um sítio. A orgia foi descoberta pela polícia por meio de denúncia de pessoas que moram perto da residência rural.

Já dentro do imóvel, os policiais depararam com algumas pessoas andando sem roupa pelas dependências do sítio. Ao notar a presença da polícia, um dos participantes da orgia saiu correndo, jogou drogas em um vaso sanitário e, em seguida, deu descarga para se livrar dos entorpecentes.

Após buscas pessoais e na residência rural, foram apreendidos diferentes drogas, joias, celulares, faca, carteiras de motorista, identidade e até de trabalho, uma faca e quase R$ 900.

Entre os presos, apenas um dos homens e as mulheres ainda não tinham passagem pela polícia. O restante já é velho conhecido dos militares. Dois detidos foram identificados como traficantes que atuam na região do Barreiro, na capital mineira. Os criminosos são Flávio Farias de Souza, conhecido como Amendoim, e Charles Gomes Santos, com quem os policiais encontraram três celulares e oito chips. Durante conversa com os militares, o traficante confessou que tinha o hábito de trocar os chips dos celulares para não ser preso novamente, uma vez que, em data anterior, ele foi detido após ser vítima de escuta telefônica.

A dona do sítio, Renata de Paula, afirmou aos policiais que desconhecia o tipo de festa que estava sendo realizada na propriedade dela. A mulher disse que apenas cobrou R$ 800 pelo aluguel do imóvel, como sempre faz.

O grupo foi encaminhado à Delegacia de Plantão.

Fonte: r7