Filha de secretária-executiva do Funpen é suspeita do furto em SLZ

Ela teria furtado R$ 26 mil do cofre que fica dentro de uma sala da Secretaria de Segurança Pública

A filha da secretária-executiva do Fundo Penitenciário Estadual (Funpen) é a suspeita de furtar os R$ 26 mil do cofre que fica em uma sala da Secretaria de Segurança Pública, em São Luís. De acordo com a polícia, fortes indícios durante a investigação e a colaboração da mãe, Maria da Graça Gomes Pinheiro, chegaram à sua filha, que é funcionária terceirizada da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).

"Temos indícios muito fortes de que o furto foi de autoria desta moça. [...] Ela vinha ostentando, nos últimos tempos, um padrão financeiro muito acima do que era comum", disse o delegado Ronilson Moura, titular da Delegacia de Roubos e Furtos, responsável pelo inquérito. Ainda de acordo com ele, a moça se infiltrava no trabalho da mãe para poder roubar o dinheiro. "A própria mãe foi colaboradora na investigação", disse o delegado.

O delegado Ronilson Moura ouvirá a suspeita na tarde desta segunda-feira (21), pela primeira vez.

Fonte: Imirante, www.imirante.com.br