Filho já havia ameaçado matar e beber o sangue do próprio pai

Filho já havia ameaçado matar e beber o sangue do próprio pai

Edvaldo Antônio dos Reis matou o pai a pauladas e experimentou o sangue da vítima

O crime que chocou a cidade de Padre Carvalho, no norte de Minas, já tinha sido anunciado. Edvaldo Antônio dos Reis havia ameaçado matar o próprio pai diversas vezes. O rapaz, de 28 anos, chegou a dizer que ia beber o sangue dele, como foi cumprido na quinta-feira (22), quando José Antônio dos Reis foi assassinado a pauladas.

De acordo com a irmã de Edvaldo, Natalina dos Reis, o jovem foi diagnosticado com esquizofrenia há seis anos, mas se recusava a fazer tratamento.

? Ele não levava a sério, tomava remédio apenas quando queria.

A cozinheira conta que Edvaldo se dava bem com ela e com os outros seis irmãos. Quando estava ?bom?, a relação era ?ótima? com o pai.

? Mas quando ele estava atacado, odiava o meu pai e sempre falava que ia matar ele.

O jovem foi encontrado pela Polícia Militar logo após o crime, conversando com os vizinhos como se nada tivesse acontecido. Sem arrependimentos, ele confessou "tranquilamente" aos militares os detalhes sobre o que havia feito com o pai e afirmou que passou o dedo no sangue que caía da cabeça dele para experimentar.

Natalina conta que, em momentos de crise, o irmão já subiu no telhado de casa e saiu sem as roupas pelas ruas da cidade. Em uma das brigas, chegou a agredir o pai.

? Ele empurrou e deu socos no meu pai e ainda ameaçou nosso irmão caçula.

?Dor dividida?

Edvaldo foi preso em flagrante e encaminhado à Cadeia Pública de Salinas. A família queria que o rapaz fosse internado e submetido a um tratamento adequado. A irmã diz que a dor que sente é ?dividida?.

? Não tem como eu julgar porque a gente estava lutando há tanto tempo. É uma dor de dois lados.

Fonte: r7